domingo, 8 de agosto de 2010

Saudade catalã...


Quijano, Cavaleiro da Triste Figura
Com Rocinante, se atreveu a cavalgar
Por La Mancha, Aragão e Catalunha
Amor, paz e justiça, encontrar

Jamais imaginou que aconteceria
Ver Dulcinea assim tão bela um dia,
Que sorridente lhe acompanharia
Nesta aventura linda d’além mar.


Desde que Clara viajou tem sido assim, esse sentimento dividido, de torcer pela permanência do seu sonho, longe de mim, mas aprendendo, crescendo e vivendo intensamente todas essas maravilhosas experiências que a acompanharão por toda a sua existência; e, ao mesmo tempo, sentindo a extrema necessidade de tê-la pertinho do meu peito, ao alcance dos meus olhos e dos meus braços, ou abraços e de poder vivenciar sua luminosa airosidade e leveza.
Ainda bem que setembro esta quase aí dobrando a esquina e vou poder, enfim, apertá-la junto a mim e sentir seu coração contra o meu.
É meu primeiro dia dos pais longe dela e toda a saudade que me perturba há quase um ano, hoje exacerbou-se.
Amo tu, nêga linda da minha vida!

2 comentários:

  1. Que lindo sua filhota! Minha chará! =D

    ResponderExcluir
  2. Paizinho lindo do meu coração! Você não tem ideia do tamanho da minha saudade. Roxa, de doer. Estar aqui é um sonho, mas meu sonho não é completo sem vocês. Estou chegando, prepara o abraço mais apertado do mundo.

    Beijo!

    ResponderExcluir

Livre pensar, é só pensar. Mas na cabeça de nada lhe serve. Exprima-o!